Author Archive

Ryse: Son of Rome Transição de Relief

Ryse: Son of Rome Transição de Relief é mostrado como foi o processo de construção dos adornos e esculturas em paredes, de modo digital. A saída para construir tais efeitos é muito elegante, e simples. O resultado, um poderoso mapa de saliência eficaz. Clique no link de Vimeo para ver o vídeo de making Of.

Fonte:
3D Total
Vimeo
Behance

Infográfico Evolutivo de Hair e Fur em filmes com CG

O Blog Animation Mentor publicou um infográfico com dados sobre a renderização de Hair e Fur em filmes de 2001 até os dias de hoje. Muito interessante ver a evolução e o hardware necessário para que se possa apresentar estes efeitos.
Para maior resolução, utilize o seguinte link

Fonte:
3D Total
Animation Mentor Blog

ChronoSculpt: Software de Escultura da NewTek

Parece que agora existe mais um concorrente a ZBrush e Mudbox e parece ser dos grandes e dos bons!!!
A NewTex, empresa que desenvolve o Lightwave agora está divulgando sua nova ferramenta de escultura digital, o ChronoSculpt, com ferramentas já conhecidas de escultura e com recursos de animação e dinâmica de corpos rígidos e suaves. Parece que vai fazer muito barulho!
Abaixo, um vídeo da ferramenta em ação.

Fonte:
3D Total
NewTek

Site Reference Reference oferece diversas filmagens para estudos

Referências nunca são demais e pensando assim, eis mais um site com ótimas referências anatômicas de pessoas e animais. São vídeos gravados em diferentes ângulos e a pessoa pode escolher qual das câmeras ver os movimentos. Referências como estas são importantíssimas no processo de construção de personagens. Obrigado ao grande amigo Azeitona, que fez uma postagem que permitiu localizar o site Referencereference.

Fonte:
Reference Reference
Learning Anatomy
João Azeitona

Comercial “why astronauts do not eat beans”

Vídeo Promocional

Making Of

E você já sabe por que astronautas não podem comer feijão? Não? Então é uma boa hora para assistir a este comercial e entender porque!!! O making of também é muito bom.

Fonte:
3D Total

E se artistas de efeitos visuais possuíssem uma rede social construída especialmente para eles para se fazer a divulgação de seus trabalhos? É aí que entra a Zerply, rede social que se entra, apenas se você for relevante para a indústria. Segue link: Zerply.

 

Fonte:
3D Total
Zerply

Curta Metragem: Iron Man Mk

Anthony Mcgrath criou este curta metragem muito bem feito baseado na personagem de Tony Stark, o Iron Man.

Fonte:

Anthony Mcgrath Youtube
3D Total

Adeus Emprego Velho, Feliz Ano Novo

Pessoal, gostaria de fazer uma breve reflexão sobre meu 2013, começando em 2007. Neste ano, de minha própria vontade, me juntei a Aquiris e em 2013, também de minha própria vontade, sai da Aquiris. A minha trajetória lá vocês já conhecem, os projetos que atuei com eles, minhas participações e os eventos que por lá ocorreram nesses quase 7 anos de prestação de serviços. Mas vocês devem estar se perguntando, o que aprendi nesse período, os pontos positivos, negativos, as lições e tudo isso que é muito importante na vida profissional de alguém, não é verdade. Posso dizer apenas que isto guardo para mim e ponto final.

Em 2013 foi um ano muito voltado o meu “eu pessoal” de modo “não profissional”. Foi um ano em que coisas importantes aconteceram mais em minha vida pessoal, do que a profissional, sempre fui daqueles que pouco dá importância ao dinheiro ou sucesso profissional, desde que se trabalhe com amor e dedicação, o resto é consequência (e tem uma penca de autores e profissionais que pregam isto, pessoas de grande sucesso e prestígio, então, não devo estar errado em segui-los…). Fato é que, em 2013 realizei um grande, mas um grande sonho meu: troquei minha Honda Twister por uma CBR 600F! Aí você vai dizer “mas que cara mais material!”. E é aqui que tenho de lhe explicar uma coisa importantíssima: como explicar sonho ser errado a alguém que em seu íntimo já esta formada uma opinião imutável?

Volte em 1988 (você nasceu em 1980? Então acho que já entendeu…), uma época em que andar de moto, não precisava nem de capacete! Sim, nessa época não era obrigatório. E eu, com 8 anos apenas, já andava na garupa de uma moto com meus primos e adorava cada minuto! Lembro de eles se reunirem para “arrumar” as motocas e eu ficava na volta, só olhando aquelas “máquinas” de 125cc!!! Aí vem a televisão, ah!!! Changeman (https://www.youtube.com/watch?v=d-7MzNRs4CY), seriadinho televisivo que metade da equipe andava em moto (preta e azul, a preta era minha preferida!), sempre com jaquetas de couro. E Jaspion (https://www.youtube.com/watch?v=zZ8NRFjX2hI), outro seriadinho televisivo, quem nunca sonhou em dar uma volta na moto dele??? Aí vieram todos os outros seriadinhos japoneses copiando essa fórmula… Em 1989 Jiraiya entra na parada, enfrentando o “Ninja Stormin” (https://www.youtube.com/watch?v=QlZ-Io7V3Lg minuto 13), ciborg controlando não lembro por quem, que andava em uma moto preta, e também vestia preto, que depois ficou seu amigo. Black Kamen Rider (o original) (https://www.youtube.com/watch?v=Drtndv4024k), que andava (sério) em uma 400cc, todo errado e sempre com aquelas luvinhas brancas (e eu não tiro as minhas pretas quando ando, vai entender) e ainda usava uma tipo Motard quando lutava e mais tantos outros seriados… Já chegamos em 1990. Cansado do lado Oriental? Vamos ver o Ocidental agora: antes de 1990 havia um seriado, uma tal de Moto Laser (https://www.youtube.com/watch?v=CCItnKrXvMM), um maluco que saia por ai de moto fazendo justiça, um seriado americano que fazia par com Super Máquina (https://www.youtube.com/watch?v=Mo8Qls0HnWo ou em 2008 https://www.youtube.com/watch?v=se1zXYHBBOU), Águia de Aço (https://www.youtube.com/watch?v=umP87WfMJpo) e Trovão Azul (https://www.youtube.com/watch?v=RYZ_33-NMdQ). A diferença é que a moto do cara fazia mortal (é meus amigos, havia um “mega” dispositivo que fazia a moto dar piruetas (e era uma 250cc comum, mas para uma criança de 9 anos, “aquilo é que era máquina”). E Tron (https://www.youtube.com/watch?v=3efV2wqEjEY) ou tron Legacy (https://www.youtube.com/watch?v=kn4SUk6p1fg)? Quem nunca sonhou em pilotar uma moto daquelas se existisse? E existe: https://www.youtube.com/watch?v=1im1to-alnw. E Exterminador do Futuro 2 (https://www.youtube.com/watch?v=eajuMYNYtuY)? Arnold Schwarzenegger em cima de uma Fat Boy da Harley Davidson (https://www.youtube.com/watch?v=VNcFElNTrig) ao som de You Could be Mine de Gun’s Roses (https://www.youtube.com/watch?v=CzB5hFINC_k) era incrível não era? E na mesma onda, Robocop 2 (https://www.youtube.com/watch?v=ruOQUKniukM) em cima de outra Fat Boy, achava aquilo o máximo: brutões em motos igualmente brutalhonas! Mas se você preferir, tem a versão 2014 dele em cima de uma Triunph modidifcada: https://www.youtube.com/watch?v=INmtQXUXez8

E vídeo game?! Ah sim, não tem como deixar de lado, quem não jogou Road Rash (https://www.youtube.com/watch?v=JimhxCE0hhA) para pegar a moto de 28.000.000? Eu posso dizer! Joguei até conseguir por a mão nela, mas nada consegui avançar, porque ela era rápida demais e eu não consegui controlar!!! Mas legal mesmo era cair com o motociclista, e do jeito mais tosco quanto possível: lembro de competir com amigos, não para ver quem ganha, mas para ver quem fazia ele se quebrar do pior jeito! E acreditem, sempre nos superávamos! Ehehhe!

E no cinema? E a propaganda? Quem não lembra do comercial da recém lançada Sahara da Honda, onde um cego anda de moto? “Honda, asas para a liberdade” e o cara cego se vai de baços abertos para o horizonte, na garupa de uma Sahara. Tem noção do quanto isso fica na memória? Nem preciso falar de Top Gun (https://www.youtube.com/watch?v=Xluf64yFUYo) não é? Tom Cruise pilotando uma Ninja 900cc em pelos anos 80 era demais ao som de Kenny Loggins, a jaqueta, as botas (e até os óculos, que hoje voltaram a moda). Desenho animado agora quem sabe? Biker Mice from Mars (https://www.youtube.com/watch?v=6KMTJiLf_1I), era um desenho que eu adorava! Poxa aquelas motos eram demais, a vermelha principalmente!!! E havia outro desenho, o Spiral Zone (https://www.youtube.com/watch?v=wO2Cd9tyUvY), em que as motos tinham uma roda só e o líder andava em uma moto de uma roda só e gigante (corre no youtube agora e vê se hoje isso não projeto que existe e que é comercializado, mas pesa em 1990, imaginar isso!!!). Talvez você ainda se lembre de Akira (https://www.youtube.com/watch?v=msUWDYYtaIU) (e isto certamente dispensa comentários). Agora vamos a 2000, novamente Tom Cruise pilota uma Triumph (https://www.youtube.com/watch?v=vIpqpRuGrq4), agora voltando ao mercado com tudo, ao som de Metálica e Limp Bizkit em MI2 e fazendo RL de arma na mão (durante muito tempo achei que isso fosse truque cinematográfico, mas corre no Youtube e procura por Jorian Ponomareff (https://www.youtube.com/watch?v=zdhPfhkfpow). Fúria Sobre Duas Rodas (https://www.youtube.com/watch?v=F8GAKhc85z0)é algo que não existe, desculpem, mas não vou falar de coisas assim aqui (mas tem belas motos). E em Eu, Robô (https://www.youtube.com/watch?v=s0f3JeDVeEo), vibrei quando vi o Will Smith sair da garagem chutando tudo na sua Agusta! E na virada de 2000 para 2010, temos ainda Final Fantasy e suas motos futuristas iradas! Tom Cruise e Cameron Diaz em Encontro Explosivo (https://www.youtube.com/watch?v=aKAEscuXQy8), em uma Ducati e temos Mat Damon correndo na Europa de bandidos em seu personagem Bourne (https://www.youtube.com/watch?v=avTejGH15FE minuto 1). E o que da nova moto de Batman Dark Knight? (https://www.youtube.com/watch?v=H6IRLBRRGPM e sim, um modelo similar existe e é funcional: https://www.youtube.com/watch?v=OXJqRfXzYuc)

Aí estamos em 2013, você está com 33 anos, e a vida toda foi bombardeado com essas informações de que a moto é um sinônimo de liberdade. Você simplesmente curte moto e ponto final, não há o que discutir! Uma 125cc não muda para uma 600cc ou 1000cc para quem curte andar de moto! Ando, por que gosto. Ando porque me faz bem. Ando, mesmo em dia de chuva, porque apesar dos pesares, ainda assim lava a alma e em raros momentos, isso estressa. Mas em dias de sol, lavo a alma de qualquer coisa ruim. Se desenho para mim é terapia, a moto também o é. Hoje, graças a Deus, faço mais coisas que gosto do que não gosto: trabalho com jogos, leciono e curso de Jogos e Design e ando de moto para cima e para baixo (minha média é 1000 km ao dia, quase um motoboy!!!). E quer saber? Adoro cada minuto!!! Por isso, conseguir chegar numa 600cc em 2013, foi algo totalmente não esperado, mas necessário por várias razões que não são importantes aqui. E afirmo, quando você tem um sonho, dane-se os outros, vai atrás! Azar que é mais caro que um carro, quem critica, dificilmente vai entender as razões de nossos sonhos motociclísticos!!! Eu afirmo: pagaria rindo por uma moto de 80 mil se pudesse, mas pechincharia muito para comprar um carro por 10 mil. E porque? Porque amo moto poxa!!!

Ainda em 2013, comecei um projeto pessoal com minha esposa: uma viagem todo mês, para qualquer lugar (com exceção de dezembro que fez muito calor), seguimos religiosamente isto. Fomos a lugares muito bonitos, e às vezes nem eram tão longes assim. Sair de casa, por um capacete confortável, encher o tanque, levar a máquina fotográfica e uns trocados para o almoço em um dia de sol, é melhor do que ficar em casa, no Facebook, invejando a vida alheia (sim meus amigos, está comprovado que o Facebook e um canal que facilita a inveja pela exposição das pessoas). Eu cansei, decidi fazer minha história, parar de trabalhar tanto e aproveitar um pouco mais essa vida e as coisas que tenho e que realmente importam: minha esposa e minha família e minha casa. Sim, reformei ela, depois de mais de 1 ano pagando prestações, tive de reformar a garagem por conta de muitas goteiras e cupins… Mas ficou muito bom, agora posso ficar na garagem em dia de chuva sem precisar abrir o guarda-chuva! Mas em 2014, não teremos reformas, por hora basta.

Em 2013 conheci um negócio que não sabia que existia: motovlog. Não faço ideia de como cheguei até eles, mas encontrei e aos poucos fui conhecendo uns e outros, vendo suas filmagens, conhecendo lugares para ir ou mesmo lugares de outros países que eu nem sabia que existia. É um universo bem diferente do meu, mas gosto, porque tem a ver com moto. Encontrei alguns grupos, mas infelizmente por conta da minha agenda, nem sempre consigo acompanhar. Aos amigos da Feevale, espero mesmo em 2014 poder me juntar mais ao AMG (Acadmic Motorcycle Group), nosso grupo de passeio. No final de 2013, criei um canal de Youtube para publicar alguns vídeos com minhas motos (bem ao estilo motovlog, não tenho GoPro, penso em comprar uma, mas sinceramente, não sei o destino que este canal terá, mas está ali, quem sabe o que vai ser – https://www.youtube.com/lifemotosbr…)

Em 2013 na minha vida profissional aconteceu algo incrível: comecei a lecionar na Uniritter, pelo curso de Design de Games e no Design. Para quem me acompanha, sabe que me formei lá. Imagina minha felicidade em retribuir tudo o que eles me ensinaram? Nossa, em março de 2013 foi quando comecei e tem sido cada dia melhor. Na Feevale comecei em 2011, mas este ano pude participar mais, até ajudei no Projeto Tormenta (http://catarse.me/pt/tormentadesafio)!!! E hoje estou cuidando com um pouco mais de dedicação do laboratório de 3D e Kinect (evidente, neste período de final de ano fico por casa, mas nas férias, vou aparecer por lá para continuar os estudos). Alunos sintam-se convidados a visitar o laboratório! Passei (e passei em primeiro lugar!!!) no Mestrado em Design da Ufrgs (http://www.pgdesign.ufrgs.br/arquivos/Classificacao_MESTRADO2013.pdf) em 2013 e em agosto, iniciaram minhas aulas, maior motivo de minha saída do dito estúdio em meu primeiro parágrafo neste texto. Nunca pensei que fosse gostar tanto de aulas e professores como os que tive este ano, sou muito grato a eles todos, pois com cada um, aprendi coisas novas e revigorei conceitos meus, que por força do tempo, pareciam não fazer mais sentido, dados alguns acontecimentos… Mas foi muito inspirador ouvir coisas como “empresa que se organiza de forma orgânica, é na verdade uma forma de “bagunça””, coisas com as quais eu acredito e sempre preguei, mas nunca tive voz que me apoiasse em certos locais. É muito bom ouvir de profissionais qualificadíssimos, coisas com as quais nos identificamos.

Meu computador de trabalho estragou este ano e a ele já me foi dado o atestado de óbito: na próxima, ele não volta para casa… Fato que explica porque não consigo mais desenvolver meus trabalhos pessoais, infelizmente, computador não esteve entre minhas prioridades em 2013, mas para 2014, quem sabe… Não lancei nenhum livro, mas fiz algumas campanhas para tentar vender um pouco mais, mas mesmo já tendo vendido mais de 1,5 mil livros (sim pessoal, já bati os mil com meu primeiro livro Desenvolvendo Personagens em 3D com 3Ds Max), e isto é um grande feito no mercado nacional, gostaria de vender tanto quanto um livro narrativo, mas a logística e os preços são bem diferentes para se obter este arranjo… Existem planos para um novo livro sim, mas como antes eu estava numa rotina de 3 empregos, ficava muito difícil de produzir algo, quem sabe em 2014, pois agora tenho um grande parceiro em um novo material e tenho certeza, que sendo finalizado, todos vão gostar.

Eu aprendi, lendo o livro de Arnold Schwarzenegger “A Inacreditável História de Minha Vida” (http://goo.gl/AxFByi) com maior interesse em sua vida administrativa e financeira (sim meus amigos, ele não foi apenas uma montanha de músculos, é um grande administrador e tem um bom olhar para negócios, capaz de fazer um dólar duplicar em sua mão) e eu queria entender como ele fazia. Hoje entendo, e digo, não é fácil e não sei se eu estaria disposto a tanto… Mas algumas lições se aprendem com ele e não necessariamente é algo só dele, as vezes, é algo que sabemos mas ignoramos a vida toda. Por que eu escrevo livros? Por que decidi largar a vida de estúdio e lecionar apenas? A resposta é simples: para dividir. Quando devolvemos ao mundo um pouco do que ele nos dá, além de nos sentirmos bem, ele nos dá mais ainda. Minha forma de dividir é escrever livros, ajudar quem me escreve por email, dar aulas, ajudar um aluno fora do horário de aula, com grande alegria, porque Deus sabe, quanto eu gostaria que existisse alguém que fizesse o mesmo comigo quando eu estava começando nesta vida de Computação Gráfica. Não serei hipócrita: recebo pagamento por estas ações, mas lhes digo, faria elas de todo o coração, mesmo que não fosse remunerado e sonho em um dia poder estar tão bem financeiramente, que me seja permitido fazer serviço voluntário em escolas, continuando a dividir meu conhecimento com mais pessoas.

Bom, este foi meu 2013, desculpem o texto longo, mas depois de 5 meses sem falar, sem atualizar nem blog nem site, muito era o que tinha de ser dito. O que esperar para 2014? Bom, ainda não formulei meus objetivos para ele, mas certamente inclui não aumentar as contas e sim, pagar todas elas e ficar sem uma única prestação que não seja as essenciais de casa e locomoção mesmo. Manterei as viagens mensais sempre que possível certamente. Tenho planos de terminar de escrever um livro (o mesmo que já comentei), mas o Mestrado é algo que ocupa mesmo muito tempo, então não sei, vamos ver. Mas certamente estarei mais presente na vida digital, pois fiz questão de 2013, não me ocupar tanto com o digital. Mas manterei todos atualizados!

Desejo a todos um ótimo final de ano, obrigado aos familiares e amigos que sempre me procuram. Desejo a todos muito boa sorte em seus empregos, em suas vidas, seus projetos e que em 2014 jamais esqueçam, se alguém criticar algo que lhes agrada, ignorem estas pessoas, pois elas não entendem… Eu acredito muito em uma frase que li, quando estava no segundo grau na minha escola, de um autor desconhecido e ela diz o seguinte:

“Existem 3 tipos de pessoas:

As que fazem as coisas acontecerem,

As que olham as coisas acontecerem,

E as que perguntam o que foi que aconteceu.”

Eu sei que pessoa quero ser, mas e você? Já sabe?

Bom Ano Novo a todos!

E que muitas bandas de moto sejam dadas e muitos projetos de 3D surjam!

Alessandro Lima

Acho que este vídeo resume muito bem tudo!

Curta Controller

Controller é um curta metragem que fala da relação de controle de uma menina sobre todas as coisas da cidade, do desejo de uma empresa em controlá-la e do amor de um menino por ela. Com elementos de jogo aplicados no curta, torna uma mistura bem interessante.

Fonte:
3DTotal
Vimeo

The Witcher: Wild Hunt

Trailer de Witcher 3: Wild Hunt, uma CG espetacular!!! Imaginem o jogo, não, não imagem, vejam o trailer logo abaixo do Gameplay!

Fonte:
Youtube

Return top

Alessandro Lima - Blog

Este é um Blog para "saltos" entre as novidades do mundo dos Games, Filmes e Computação Gráfica. É apresentado de uma forma suscinta, mas ainda assim, deixando em evidência, os profissinais que atuam por trás do computador, que dão vida ao inimaginável. Desta maneira, o leitor pode "saltar" para os links destas notícias.
SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline